Prêmio Colaborador Inovador reconhece os projetos mais inovadores de 2017

No último dia 19 de dezembro, realizamos no espaço da Eretz.bio a quarta edição do Prêmio Colaborador Inovador. Premiamos os colaboradores do Hospital Israelita Albert Einstein que participaram dos projetos mais inovadores de 2017 nas categorias Produto, Software e Startup, foram 4 projetos reconhecidos em cada categoria.

A premiação foi realizada pelo time do CIT (Centro de Inovação Tecnológica) e contou com abertura do vice-presidente de pesquisa e inovação do Einstein, Nelson Kolosker, e Diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento do Einstein, Claudio Terra. O encerramento do evento foi feito pelo Henrique Neves, Diretor Geral da instituição.

Conheça abaixo os projetos vencedores!

Categoria PRODUTO

1° – Cateter Diálise Peritoneal

Projeto envolveu o desenvolvimento de um guia articulado com câmera que permite o correto posicionamento do cateter de diálise peritoneal (tenchkoff), realizado em parceria com a BhioSupply.

Colaboradores: Laercio Gomes Lourenço e Julio Frias Dias

2° – Caixa para aquecimento de soro

Projeto em parceria com a Fanem envolveu o desenvolvimento de uma caixa para aquecimento do soro fisiológico utilizado em curativos. A literatura demonstra que o soro fisiológico aquecido a 37° melhora a cicatrização. O foco foi suprir a necessidade das UBSs que, por não disporem de estufas devido ao alto custo, utilizavam caixas com lâmpadas para aquecimento do soro.

Colaboradoras: Barbara Camila Martins Gomes, Clarissa Alves Gomes Bittencourt e Natália Rodrigues Mosca

3° – Sensor de Garantia de Decúbito 30°

Projeto em parceria com a POLI Junior USP envolveu o desenvolvimento de um dispositivo acoplável à cama do paciente que faz a leitura da inclinação do decúbito e emite um alerta sonoro quando a inclinação está fora da faixa de 30° a 45°. Com esse dispositivo espera-se reduzir o risco de pneumonia em pacientes em estado de ventilação mecânica.

Colaborador: Arlei Alves da Silva

4° – Contador de Agulhas

Projeto em parceria com a POLI USP envolveu o desenvolvimento de uma caixa que faz a contagem automática das agulhas de sutura. Com esse dispositivo espera-se reduzir o descarte incorreto das agulhas no centro cirúrgico.

Colaboradores: Tatiana Regina Mosca, Patricia Maria dos Santos Chaves, Waleria de Sá Bezerra, Marina Paula Bertho Hutter e Viviane Pereira Costa Suzuki

Categoria SOFTWARE

1° – Software de Registro de Imagens Médicas de Próstata

Auxilia o médico no diagnóstico final do câncer de próstata através de um algoritmo que utiliza técnicas de machine learning para a análise de imagens de ressonância magnética. Desenvolvimento pelo Ilab.

Colaboradores: Ronaldo Hueb Baroni, Victor Martins Tonso, Pedro Henrique de Araujo Amorim, Guilherme Goto Escuder, Heitor de Moraes Santos, Artur Austregesilo Scussel, Diego Delgado Colombo de Oliveira e Silvio Moreto Pereira.

2° – Teledermato

Buscando reduzir a fila de 69 mil pacientes à espera de uma consulta com dermatologistas no SUS foi desenvolvido um app pelo Laboratório de Inovação que permitiu agilizar o atendimento desses pacientes através da telemedicina. Esta foi uma parceria com Prefeitura de São Paulo e tirou 23 mil pacientes da fila do SUS no município.

Colaboradores: Giselle Cristhine Vergamini, Priscila Ishioka, Eliza Sayuri Kanehisa, Eugenia Maria Damasio Nakayama Ohe, Andrey Augusto Malvestiti, Vinicius Rodrigues Lima, Alex Igor Sanghikian Macedo, Daniel Andrade Lessa, Arthur Trindade Abreu de Gusmao, Andre Pires dos Santos, Felipe Ribeiro Saruhashi e Eduardo Cordioli.

3° – Varstation

Plataforma de bioinformática para análise e classificação de variantes genéticas. Desenvolvimento pelo Laboratório de Inovação. O sistema está em uso pelos laboratório NGS do Einstein e Genomika.

Colaboradores: Murilo Castro Cervato, Cristovão Luis P. Mangueira, Karla Ferraz Neto, Belisa Godoy, Rodrigo de Souza Rei, Nair Hideko Muto, Felipe Camilo Val e Silvio Moreto Pereira.

4 ° Solução para Análise e Diagnóstico de Exames de Coagulação

Projeto surgiu da necessidade de orientação e padronização do diagnóstico e condutas terapêuticas do paciente com doença hemorrágica grave, com choque hemorrágico. Foi desenvolvido um aplicativo com algoritmo de decisão e segunda opinião via telemedicina.

Colaboradores: Joao Carlos de Campos Guerr, Claudio Ernesto Albers Mendes, Valdir Fernandes de Arand, Cristovão Luis P. Mangueira e Andre Pires dos Santos

 

Categoria STARTUPS

 

1° – Genomika

A Genomika é um laboratório de genética de Recife que nasceu para inovar na área de testes genéticos e imunológicos. Criada por uma fusão entre especialistas em biologia molecular e tecnologia da informação, aplica o melhor dos dois mundos na medicina diagnóstica. A parceria do Einstein envolve co-desenvolvimento/validação de novos testes, certificações do laboratório e distribuição dos produtos/serviços para todo o Brasil.

Colaboradores: Cristovão Luis P. Mangueira, Fabio Gonçalves e Roberta Sitnik.

2° – Canguru

A Canguru desenvolveu um aplicativo para gestantes que conecta de forma segura médicos, pacientes e organizações de saúde de forma que possam usufruir de ferramentas que ajudam a trazer maior relevância nas informações que afetam diretamente a sua qualidade de vida. A parceria com a Canguru envolve validação do conteúdo do aplicativo além da evolução da ferramenta com disponibilização de novas funcionalidades.

Colaboradores: Eduardo Cordioli, Renata Donato Janeri, Denise Nunes Pithan e Rita de Cássia Sanchez.

3° – Nexo

A Nexo é uma empresa com mais de 10 anos de atuação no segmento de capacitação digital, que oferece ao mercado corporativo soluções educacionais interativas com apelo pedagógico e que estimulam o aprendizado. O Einstein fez uma parceria com a Nexo para desenvolvimento de um módulo de treinamento para casos de sepse.

Colaboradora: Andreia Pardini.

4° – Anestech

A Anestech usa tecnologia e informação para anestesiologia, promovendo a gestão de riscos e controle de eventos adversos em momentos onde é exigido tomadas de decisão imediatas. Ajudando pacientes e profissionais em momentos críticos, a Anestech faz a integração, rastreamento, análise e entrega de dados em tempo real, através de business intelligence em nuvem de dados e aplicações dedicadas para mobiles na sala de cirurgia. A Anestech tem parceria com o Einstein desde 2015, na qual contribuímos para e evolução do software com a equipe do HIAE.

Colaboradores: Vinicius Rodrigues Lima e Daniel Souza Cesar.

Newsletter

Would you like to be updated on what happens in Eretz?