Como funciona a incubação de startups na Eretz.bio?

A Eretz.bio é a incubadora de startups do Hospital Israelita Albert Einstein. Atualmente são cerca de 75 empresas no ecossistema, que atua como fomentador da inovação e do empreendedorismo em saúde, através da promoção de eventos, mentorias, plantões de dúvidas, parcerias com o Hospital e investimentos.

O processo de incubação de startups na Eretz.bio é fluxo contínuo, acontece ao longo dos 365 dias do ano. Para se ter ideia, em 2020, a Eretz cadastrou mais de 700 healthtechs do mundo todo em sua base, que levaram a 505 reuniões de avaliação com elas. Dessas, 64 empresas foram incubadas. Também foram feitas 33 análises para aportes, além de 29 projetos de parcerias concluídos entre as startups e o hospital.

Neste ano, há novidades. O processo de avaliação das startups sofreu algumas alterações, com o objetivo de conhecer melhor as demandas das empresas e como a Eretz pode ser mais assertiva no suporte dado a essas healthtechs. Confira abaixo como funciona a incubadora de startups da Eretz.bio.

1) INSCRIÇÃO PELO FORMULÁRIO

Preencher o formulário de incubação é o primeiro passo para as startups que querem fazer parte da Eretz.bio. Para acessá-lo, basta acessar o site ou clicar aqui.

São 16 perguntas que permitem ao time de análise ter um overview da empresa e de como ela pretende se posicionar no ecossistema de inovação em saúde. Entre as questões que precisam ser respondidas estão os dados da healthtech, um resumo da solução desenvolvida, o modelo de negócio planejado e informações sobre os fundadores.

2) AVALIAÇÃO DO FORMULÁRIO

A equipe da Eretz.bio vai receber as respostas e entrar em contato com as startups. Em um primeiro momento, três principais critérios serão observados: se a empresa já está constituída, se a solução de fato tem foco na área da saúde e se já há um MVP, uma versão mínima do produto/serviço que tenha alguma forma de ser testada em sua funcionalidade.

O campo de inovação em saúde é muito amplo, e a Eretz.bio busca soluções em todos os segmentos, sejam Biotechs, Medtechs ou Digital Health.

A avaliação leva em conta as especificidades de cada startup, por isso é muito importante o preenchimento do formulário com cuidado.

3) REUNIÃO COM STARTUP HUNTER

Startup hunter é o nome dado ao cargo destinado à pessoa que monitora o ecossistema de inovação no país. É também geralmente quem está à frente do primeiro contato com os empreendedores.

Na reunião com startup hunter, os fundadores da startup têm a primeira oportunidade de conversar com a equipe da Eretz.bio, apresentar seu pitch e explicar por que querem fazer parte da incubação e quais formas de apoio necessitam no momento.

Com essas novas informações, a equipe da Eretz.bio vai avaliar se a startup continua no processo de incubação e se também faz sentido a empresa entrar no fluxo de parcerias com o Hospital Israelita Albert Einstein ou para receber investimentos do recém-criado fundo de investimentos.

Além disso, o trabalho de startup hunter é proativo. Fora avaliar os formulários recebidos pelo site, a pessoa busca por novas healthtechs em eventos, reportagens que saíram na mídia, redes sociais e base de dados.

4) REUNIÃO COM EQUIPE TÉCNICA, CIENTÍFICA E DE NEGÓCIOS

As startups que forem bem avaliadas até esta etapa conversarão com o time técnico e de negócios para uma análise mais robusta.

Nesta fase, a Eretz.bio recebe suporte de especialistas de diversas áreas do Hospital Israelita Albert Einstein e de consultores, com o objetivo de entender o que a startup está propondo, sua viabilidade e como ela pretende desenvolver sua solução.

5) COMITÊ DE AVALIAÇÃO

Após essas avaliações, um comitê formado pela equipe da Eretz.bio se reúne semanalmente para decidir sobre a incubação da startup e também sobre as outras frentes de atuação: parcerias e investimento.

Logo em seguida, os empreendedores recebem um feedback com a decisão tomada pelo comitê e, em caso de aprovação, já são orientados sobre quais documentos precisam providenciar para dar início à incubação na Eretz.bio.

Lembrando que as empresas podem optar entre o modelo de incubação virtual, feito 100% digital e remoto, ou pelo presencial, a partir do nosso espaço de coworking localizado na unidade Vila Mariana do Einstein, na região central de São Paulo.

E você ficou interessado em fazer parte do nosso ecossistema? Então inscreva-se: https://eretz.bio/incubacao/

Newsletter

Would you like to be updated on what happens in Eretz?