Os planos da Hygia Bank com a compra da startup Dr.Mob

Os planos da Hygia Bank com a compra da startup Dr.Mob

Conhecida como o “banco da saúde”, a Hygia Bank, startup que faz parte do ecossistema da Eretz.bio desde junho do ano passado, anunciou a compra da Dr.Mob, empresa focada em CRM de clínicas e centros médicos.

Com a aquisição, a Hygia move-se mais na direção da saúde, menos na de banco. Mas isso não quer dizer que os serviços atuais serão afetados. Pelo contrário. A startup continuará oferecendo seu carro-chefe, uma conta digital que pode ser usada para ter descontos e benefícios em clínicas, laboratórios, academias, restaurantes saudáveis e outros profissionais da saúde. Ao mesmo tempo criará uma “Dr.Mob powered by Hygia Bank”, mantendo os serviços de gestão da marca recém-adquirida, mas ao mesmo tempo mostrando a união entre as empresas.

“A gente já queria desenvolver uma solução de CRM na Hygia. Mas fazia mais sentido trazer para cá uma empresa já consolidada no mercado, que tinha uma base de cadastro bem grande, como é o caso da Dr.Mob”, explica Maikol Parnow, CEO da Hygia Bank.

“O que a gente está fazendo agora é a integração dos negócios, e um dos passos é a mudança visual deles, para ficar de acordo com a nossa. Essa marca vai ser um produto interno da Hygia”, conta Parnow.

A aquisição da Dr.Mob faz parte dos planos de a Hygia se tornar um “superapp” da saúde, onde o usuário encontrará diversos serviços disponíveis. A ferramenta de gestão de clínicas e consultórios, portanto, servirá para tornar o aplicativo ainda mais atrativo a profissionais da saúde.

Hoje a Hygia Bank está saindo da fase pré-operacional e indo para a operacional. Com o novo negócio, seu app chega a mais de 22 mil médicos cadastrados, atendendo mais de 130 clínicas e com 1.200 usuários. Seu modelo de negócio atualmente é o B2B2C. Mas está no roadmap da startup lançar um produto B2B, voltado para as empresas, ainda neste começo de ano.

APORTE NO HYGIA BANK

A aquisição da Dr.Mob veio na esteira de um aporte de R$ 3 milhões recebido pela Hygia no fim do ano passado, via “family and friends” (quando amigos e familiares dos empreendedores colocam dinheiro na empresa).

“Tudo estava de certa forma atrelado”, diz Parnow. “No meio do ano passado, já estávamos falando sobre a fusão, e a captação também começou nessa época. Essa rodada de investimentos serviu para a gente se preparar para a rodada de Series A”, avalia Parnow.

Sediada em Porto Alegre, a Hygia Bank atua tanto como fintech quanto como healthtech e foi idealizada pelo médico Alexandre Parma, em 2017, quando ele percebeu que o mercado brasileiro era muito dependente de planos de saúde ao mesmo tempo em que a cultura de prevenção de doenças não era priorizada. Assim, ele se juntou a Parnow para tirar do papel a ideia de um serviço financeiro mas voltado para os cuidados com a saúde.

Agora que você conhece a Hygia Bank, clique aqui para ver as demais startups incubadas na Eretz.bio: https://eretz.bio/startups/

Veja também: Ver todas

Newsletter

Quer ficar por dentro do que acontece na Eretz.bio?