5 perguntas que toda startup precisa fazer antes de começar a captar

5 perguntas que toda startup precisa fazer antes de começar a captar

Captar recursos com investidores é um momento pelo qual qualquer startup cedo ou tarde precisará passar. Seja para expandir o time, seja para desenvolver um novo produto, seja para atrair mais clientes.

Mas essa também pode ser uma fase bastante delicada. Encontrar um investidor é um processo que pode alterar profundamente o projeto de longo prazo da empresa. Até mesmo pode ser a diferença entre sobreviver ou ficar pelo caminho.

Para ajudar na captação de recursos e aumentar as chances de ter sucesso nessa empreitada, Leopoldo Lima, gerente de inovação e startup da Eretz.bio, recomenda que todo empreendedor se faça cinco perguntas antes de iniciar a busca por um investidor. Confira abaixo quais são elas.

1) Para que você vai captar?

Todo empreendedor deve saber por que precisa do dinheiro e o que vai fazer com ele antes mesmo de pensar em captar. É muito comum ver startups dizendo que vão levantar capital, mas que não conseguem explicar por que necessitam desses recursos. 

A empresa precisa fazer um planejamento de se o dinheiro vai ser usado para validar hipóteses, para testar novos canais, para contratar novos desenvolvedores para terminar o produto, se vai ser empregado para trazer pessoal de suporte, de vendas e/ou de customer experience, entre outras finalidades.

2) Como você vai captar?

Hoje há uma grande diversidade de fontes de capital para empreendedores. De recursos de subvenção a fundos de Venture Capital, passando por investidores-anjo, modalidades de dívida, entre outros. Essas são ferramentas distintas, e uma não é melhor do que a outra. Existe a que é mais apropriada para a startup naquele momento e para o objetivo que se quer atingir.

Se a startup escolher Venture Capital, daí ela vai precisar jogar um jogo com algumas regras específicas. Afinal, essa modalidade de investimento vem acompanhada da expectativa de crescimento acelerado, geralmente implicando em rodadas de investimento subsequentes, em um determinado prazo. E isso nos leva à próxima pergunta.

3) Eu estou preparado para crescer tantas vezes em tão pouco tempo?

Mais do que isso, a pergunta que deveria ser feita é: “eu quero passar por esse ciclo de a cada dois anos, mais ou menos, precisar fazer uma nova captação até vender a empresa?” Se o empreendedor entra no circuito do Venture Capital, esse é o destino da startup: será vendida.

Os recursos de VC trazem uma pressão extra para o negócio. E não é só de crescimento da empresa, mas também de venda.

4) Em qual estágio você está?

Entender em qual momento sua startup está é importante para poder dimensionar de forma mais adequada os objetivos daquela rodada de investimentos e conseguir avaliar o quanto precisa de capital.

Uma startup tem diversos estágios (ideação, produtação, mvp, escala, Série A, B, C etc). Como o Venture Capital é um jogo de rodadas sequenciais, quando se quebra o plano de longo prazo da empresa em etapas é possível entender em qual momento sua startup está e quais são as prioridades para o futuro.

Assim, fica mais fácil mostrar aos investidores e aos sócios que se trata de um negócio com menos incertezas e menos riscos. A startup pode ainda não estar gerando caixa, mas é uma empresa que já tem controle de suas métricas e que é possível pilotá-la.

Isso é muito importante em projetos de saúde, porque algumas vezes não tem como gerar receita a curto prazo, principalmente por questões regulatórias, de Anvisa.

5) O quanto vou captar?

Essa é uma pergunta que se relaciona com o valuation que a startup vai pedir. Aqui no Brasil, ainda é comum estabelecermos valores fixos para uma rodada seed, de Série A, Série B, etc. Mas essa definição pode enganar. Acaba suprimindo as outras quatro perguntas feitas neste texto.

Um empreendedor que sabe para qual motivo está captando e tem domínio das métricas da empresa consegue definir o quanto de investimento ele precisa para validar as hipóteses específicas daquele momento da startup
Agora que você já sabe quais perguntas um empreendedor precisa fazer antes de começar a captar, fique ligado na agenda de capacitações da Eretz.bio com os principais temas da área: https://eretz.bio/eventos/

Veja também: Ver todas

Newsletter

Quer ficar por dentro do que acontece na Eretz.bio?